Dicas e Metodos de propagação por estaquia

O que é estaquia?
A estaquia, ou “multiplicação por estacas”, é um meio de reprodução assexuada (propagação vegetativa), muito utilizada nas produções de mudas de plantas, principalmente as ornamentais e frutíferas.
O método consiste no plantio de um ramo ou folha da planta, desenvolvendo-se uma nova planta a partir do enraizamento das mesmas.

Todas as plantas podem ser reproduzidas assim?
Não são todas as plantas que podem ser reproduzidas por estaquia. Cada espécie de planta possui um método diferente mais adequado para sua multiplicação. Algumas espécies muito difíceis de multiplicar por estaquia, podem ser reproduzidas facilmente por outro método: a alporquia.

Dicas e métodos de propagação:

O método de propagação por estaquia é muito simples e consiste no plantio de uma parte da planta que se deseja clonar para a geração de uma nova planta. As novas plantas geradas a partir deste método crescem mais rápidas e sua floração também é precoce.

A forma de fazer estaquia também vai de uma espécie para outra, algumas, por exemplo, utilizam-se dos galhos mais novos da planta, os “ponteiros”, como é o caso dos Beijos pintados, Columéias, Brincos de princesa, etc. Outras como é o caso das roseiras e frutíferas requerem galhos um pouco mais velhos denominados de semilenhosos e lenhosos.

Para estaquia de ponteiros utilizamos estacas com aproximadamente 7 a 12 cm de comprimento, de ramos saudáveis e sem flores. Faça um corte na transversal, retire as folhas da base e deixe a estaca com algumas folhinhas e enterre a base da estaca.

Para estaquia dos ramos semilenhosos utilize estacas de aproximadamente 10 a 15 cm de comprimento, e para os lenhosos, de 15 a 30 cm de comprimento. Sempre escolha os ramos mais vigorosos, com aparência saudável e sem flores.

As estacas devem ficar protegidas do sol e de chuvas fortes em local fresco e regadas regularmente. Não deixe o substrato ficar encharcado e nem secar completamente, e não utilize terra adubada para estaquias.
O substrato que geralmente uso para fazer as estacas é de terra arenosa de jardim, esse tipo de terra pode ser irrigada diariamente e não corre o risco de ficar encharcada. Como esta terra costuma ser muito pobre em nutrientes adiciono um pouco de matéria orgânica e vermiculita que ajuda a reter umidade e nutrientes no substrato. Mas é bom você se inteirar das necessidades especificas da espécie que deseja propagar para usar o substrato mais indicado.
O tempo que a estaca levará para “pegar” vai variar de acordo com a espécie e até a estação do ano vai influenciar neste processo. A primavera é o melhor momento para realizar a estaquia, pois neste período as plantas estão em pleno desenvolvimento e isso ajuda no enraizamento da estaca.
Você também pode utilizar estufas caseiras para agilizar este processo. As estufas faz que o processo de enraizamento seja mais rápido, alem de aumentar a estadística de sobrevivência destas já que as estufas criam um microclima com uma grande umidade que a estaca precisa para não se desidratar no período que ainda esta sem raízes.
Coloque os recipientes com as estacas em local bem arejado e com bastante luz indireta. Utilizando sementeiras você economiza espaço na produção de pequenas mudas. Na hora de transplantar retire a muda com cuidado para manter o torrão intacto e não danificar as raízes.
Algumas plantas também podem enraizar facilmente em um recipiente com água, depois é só plantar a mudinha já enraizada. Veja a seguir este método:
Enraizamento de estaca na Água
Sabe quando você coloca as flores num vaso ou deixa o tempero num copo com água para não murchar e depois de alguns dias percebe que eles criaram raízes? Pois é, algumas espécies enraízam facilmente na água e assim você só tem o trabalho de transplantar para um substrato adequado quando tem certeza de que elas “pegaram”.
Caso você opte por esse método para o enraizamento de suas estacas, lembre-se de trocar a água diariamente e deixar o copo num local arejado com bastante luz indireta. Na foto abaixo podemos visualizar o desenvolvimento das raízes de uma grama amendoim.

Desenvolvimento das raízes da estaca na água
O tempo que a estaca levará para enraizar vai variar de acordo com a espécie. Dois exemplos de planta que enraízam facilmente na água são a hortelã e o manjericão.

Aritgo visto em: www. jardinet.com.br e www.cultivando.com.br

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *