10 Mitos sobre Hidroponia

1º Mito: A Hidroponia é uma tecnologia recente ou de ponta.

Já os Faraós do Egipto se deliciavam com frutos e vegetais criados Hidroponicamente. Alias, está presente entre os historiadores que os jardins suspensos da Babilónia (uma das sete maravilhas do mundo) eram um elaborado sistema hidroponico. Na India, as plantas são cultivadas directamente na palha de côco e hidratadas directamente ao nível da raiz. Claro que desde esse tempo teve grandes desenvolvimentos e melhorias, mas na sua essência é utilizado à milhares de anos. Agora apenas é feito de forma diferente.

2º Mito: A Hidroponia não é natural ou é artificial

O crescimento vegetal é real e natural. Todos os seres do reino animal requerem coisas básicas para o seu crescimento normal. A Hidroponia apenas fornece às plantas o que precisam. Não existe ciencia genética envolvida ou mutações estranhas. Apenas nutrientes existentes directamente na natureza, entregues às plantas directamente nas medidas necessárias. Não é necessário equipamentos estranhos que produzem reacções quimicas intensas. Apenas alguma forma de canalização para levar água rica em nutrientes à raiz das plantas. Afinando o chá nutritivo teremos maiores ou menores culturas. E esse chá é produzido caseiramente sem recurso a quimicos. Apenas colocam-se substâncias ricas em nutrientes (como a borra de café ou a cinza) directamente na água e faz-se passar a água pelas raizes. Simples e directo. É impossível ser mais natural que isto.

3º Mito: A Hidroponia é má para o ambiente

Isto é totalmente falso. Cultivar plantas hidroponicamente é mais amigo do ambiente que as formas convencionais de jardinagem ou cultico. Em primeiro lugar não se utilizam quimicos de qualquer espécie. Depois como as substâncias nutritivas estão contidas num circuito fechado, não existe o perigo de contaminação de solos ou cursos de água. Em terceiro lugar, uma exploração hidroponica utiliza em média 70% a 90% MENOS água que um cultivo tradicional. Só estes items, conservação de água e a não poluição das águas livres, fazem da Hidroponia um sistema amigo do ambiente.

4º Mito: A Hidroponia é tecnologia da era espacial impossível de compreender por um comum mortal ou até mesmo dominar.

Como já disse, não existe nada de obscuro ou com elaboradas entrelinhas no cultivo hidroponico. Não é necessária experiência nem sequer conhecimentos em especial. Um balde qualquer cheio de um material sem nutrientes como pedras ou leca (argila expandida – farei um artigo em breve sobre isto) e uma forma de passar liquido rico em nutrientes pelo balde. E pronto. É só isto. Este passar até pode ser manual. Dois reservatórios (um mais acima e outro por baixo) onde deixe passar o liquido lentamente, e quando terminar o liquido no reservatório “de cima” enche-se com a água que está “no de baixo”. Simples e directo. Mesmo a criação do chá nutritivo é simples e qualquer um pode fazer em casa.

5º Mito: A Hidroponia é demasiado cara

De todo! Há sempre mais que uma maneira de fazer as coisas. Desde sistemas complexos comprados prontos (e por isso mais caros) até reciclagem de coisas encontradas no lixo (a custo zero), tudo pode ser utilizado para fazer uma solução Hidroponica. Apenas é necessário arte e engenho e alguma imaginação e criatividade.

6º Mito: É uma tecnologia que ainda não está muito testada nem espalhada

Nada podia estar mais errado. Um pouco por todo lado nascem culturas novas de Hidroponia. Quer a nível caseiro, quer mesmo a nível comercial. Em locais como a Columbia Inglesa, o cultivo por Hidroponia chega a 90% do total cultivado.

7º Mito: A Hidroponia tem de ser dentro de casa ou em estufas

A Hidroponia é tão simples de utilizar dentro de casa como ao ar livre. Os principios são sempre os mesmos. Da mesma forma que se pode criar com solo dentro de casa e fora, hidroponicamente também. Serão necessários alguns cuidados porque através do ar chega pó e outras coisas que vão ser depositadas na água. Mas nada que um pedaço de esponja não resolva.

8º Mito: Na Hidroponia não existem doenças nem pragas

Este eu até gostaria que fosse verdade, mas não é infelizmente. Embora se ponha de parte todas as doenças do solo (não existe solo) tudo o resto é válido e acontece. Os insectos continuam a por as suas larvas (como as borboletas) nas plantas que quando se tornam activas comem as plantas e o cultivo está exposto a todas as doenças normais que as plantas estão sujeitas. Todas as pragas podem ser encontradas numa cultura hidroponica pelo que se devem seguir as mesmas precauções que numa cultura tradicional. Podem-se usar todas as soluções habitualmente utilizadas em cultura biológica (ou quimica se quiser, espero que não o façam…). A cultura tem de ser monitorada e devemos passar revista frequentemente para procurar eventuais problemas. A falta de acção rapida e em tempo útil pode arruinar uma cultura em dias.

9º Mito: A Hidroponia produz super plantas gigantes que parecem mutantes 

Aqui há alguma verdade, embora uma verdade muito pequenininha. Uma planta tem de se “preocupar” com uma série de coisas durante o seu tempo de vida. Crescer folhas para fontosintese, criar flor/semente para se reproduzir e esticar raiz em buscar de comida. Nós eliminamos uma das tarefas mais pesadas que é o da busca do alimento. Ou seja, a planta está quietinha e os nutrientes fluem abundantemente sobre as raizes. O que deixa energia para crescer folhas, flores e especialmente frutos. Normalmente uma planta em hidroponia tem uma raiz 35% a 70% menor e frutos até 100% maiores. Também é possível ter mais que uma cultura por ano, uma vez que se pode criar em estufa, criando todas as condições para haver uma produção fora da época natural.

10º Mito: A Hidroponia é usado principalmente para fins ilegais

O Henry Ford recebeu uma vez uma carta de um ladrão de bancos, a agradecer-lhe por fazer um carro de fuga tão bom. É impossível prever a finalidade para que uma pessoa utiliza uma determinada ferramenta. Até a mais inocente das coisas pode ser utilizadas com fins nefastos e sem escrúpulos. Isso faz parte da condição humana. Uma simples pá de cavar a terra pode ser usada como arma contra outra pessoa, desde que a índole de quem a segura assim o dite. Com a Hidroponia pode-se criar praticamente qualquer tipo de planta. Algumas, são ilegais em muitos países. O facto de se poder fazer um cultivo dentro de casa e em condições adversas faz com que alguns cultivos possam ser feitos numa cave escura e longe dos olhares de todos. Pode ser até feito dentro de um armário fechado, recorrendo a ventilação artificial e a iluminação electrica. Mas grandes explorações produzem alimento. Alfaces, Tomates e todos os tipos de hortícolas. E é nesse sentido que eu e muitos outros desenvolvemos Hidroponia, condenando veementemente quem utiliza-o como uma ferramenta para práticas ilegais. Mas sim, é utilizada por muitos cultivadores ilegais. Acentuando os benefícios acima citados. Cresce mais rapidamente, com mais vigor e mais depressa.

Artigo visto em: http://hidrohortaurbana.blogspot.com.br/

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *